verificar-fluidos-carro

Tal como o ser humano, o nosso automóvel também depende da água para o seu bom funcionamento. No entanto, a água não é o único líquido que ajuda o seu carro a funcionar nas melhores condições. No seu carro, existe uma variedade de fluidos que, quando verificados com regularidade, previnem problemas que podem afetar seriamente o seu veículo e também a sua carteira.

Mas afinal, quais são os fluidos do automóvel que devem ser verificados e com que regularidade, que danos podem causar se não forem, e como verificar o seu  nível? 

 

Óleo do Motor

Riscos associados a baixos níveis de fluido

Os efeitos prejudiciais deste problema podem afetar o desempenho do motor, podendo mesmo levar à sua falha completa.

Prazo de verificação

Dependendo do modelo e do ano do seu carro, o ideal é fazer uma verificação pelo menos uma vez por mês, ou então, sempre que antecede uma longa viagem. Porém, se o seu carro já tiver alguns anos, recomendamos a verificação deste óleo de duas em duas semanas.

Não se esqueça também, que a substituição do óleo tal como recomendado pelos fabricantes, deve ser feita entre os 5.000km e 30.000km, sempre dependendo do modelo do seu automóvel. 

Como verificar o nível?

  1. Estacionar o automóvel num local plano e horizontal e deixar que o motor arrefeça, dado que o nível tem tendência a ser mais elevado quando o carro ainda está quente;
  2. Retirar a vareta medidora de nível e limpá-la com um pano seco;
  3. Voltar a inserir a vareta e removê-la. É importante que mantenha a vareta na vertical ou plana, de forma a não causar leituras imprecisas. Onde a vareta estiver coberta de óleo, é onde o nível se encontra. Idealmente, estará entre as duas linhas que indicam os níveis máximo e mínimo que se encontram no final da vareta. 

Recomendamos uma visita a uma oficina Gocarmat caso o nível de óleo esteja baixo para poder solicitar a sua troca e evitar problemas no motor. No entanto, o nível demasiado alto pode também causar situações desagradáveis. Visite-nos para que possamos remover o excesso, e verificar se o mesmo não terá causado outros danos devido à acumulação de pressão.

 

Anticongelante

Riscos associados a baixos níveis deste fluido

Tendo em conta que este é o líquido de refrigeração do motor, a sua função é precisamente manter a sua temperatura estável durante o funcionamento. Assim sendo, um baixo nível de anticongelante pode causar o sobreaquecimento do motor e levar a danos bastante graves, como o derretimento de pistões ou provocar uma explosão interna.

Prazo de verificação

Recomendamos a verificação do anticongelante a cada 20.000km ou 30.000km. No entanto, a sua substituição deve ser feita a cada 40.000km ou a cada dois anos, de forma a que o anticongelante não perca as suas propriedades.

Como verificar o nível?

  1. Estacionar num local plano e horizontal, desligar o automóvel e deixar arrefecer o motor;
  2. Localizar o depósito: este é geralmente quadrado e translúcido e tem normalmente um tamanho grande. Nesse depósito encontrará duas marcas que indicam os níveis mínimo e máximo de fluido.

Caso o nível esteja baixo, pode pegar num funil e encher com o líquido recomendado pelo fabricante sem nunca misturar dois fluidos diferentes. Encha-o apenas com água destilada caso não encontre o fluido necessário, ou se não estiver seguro de qual deve utilizar. No entanto, recomendamos uma visita a uma oficina Gocarmat em duas situações específicas:

  • Nível muito baixo (durante o inverno): neste caso, diminuir a concentração de anticongelante colocando muita água destilada pode causar problemas, portanto uma substituição completa pode ser a solução mais adequada;
  • Nível muito alto: é necessário procurar e retirar a tampa de esvaziamento cuja localização é na parte inferior do radiador, o que um especialista terá muito mais facilidade em realizar, tendo em conta que esta situação exige o esvaziamento do depósito, o que por si só é uma tarefa complicada e suja.

 

Água do limpa-brisas

Riscos associados a baixos níveis de fluido

Apesar de este ser um dos líquidos que menos importância tem para o bom funcionamento do automóvel, também pode trazer alguns dissabores. Por exemplo, um para-brisas sujo e que reduza a visibilidade pode trazer problemas na inspeção do carro.

Prazo de verificação

Na verdade, neste caso não existe um prazo concreto em que se deve fazer a verificação deste líquido, no entanto, recomenda-se a prevenção e que mantenha o depósito de água pelos menos a meio.

Como verificar o nível?

Neste caso, verificar o nível de água é bastante simples e existem várias formas de o fazer: 

  • Acione a alavanca e, se as escovas se moverem mas não existir saída de água, isso significa que o depósito pode estar vazio;
  • Observação do depósito translúcido que se encontra perto do motor (a sua tampa contém um desenho de um para-brisas), e que permite a observação do nível da água;
  • Alguns veículos são compostos por um sensor de nível integrado que avisa quando o nível se encontra baixo.

Se verificar que o nível está baixo, pode encher o reservatório a qualquer momento com alguma água (tenha apenas atenção para deixar o motor arrefecer). Caso o nível seja alto, não precisa de se preocupar. Tenha apenas em conta para não encher em excesso.

 

Óleo dos Travões

Riscos associados a baixos níveis de fluido

Um baixo nível de óleo dos travões pode causar problemas na pressão do travão ou até mesmo levar a uma falha completa dos travões.

Prazo de verificação

Este nível deve ser verificado periodicamente. No entanto, a sua substituição deve ser feita a cada dois anos, tendo em conta que a humidade acelera a decomposição do óleo e o seu ponto de ebulição vai reduzindo ao longo do tempo.

Como verificar o nível?

  1. Localizar o depósito com o motor frio. A grande maioria dos automóveis modernos já apresenta um reservatório de plástico translúcido que permite verificar o nível do fluido sem ser necessário abrir o sistema.
  2. De seguida, tudo o que precisa de fazer é verificar se o nível se encontra entre os indicadores máximo e mínimo.

Neste caso, se o nível se encontrar abaixo do recomendado, deve encaminhar-se a uma oficina Gocarmat de forma a que os especialistas possam verificar se as pastilhas de travão estão gastas para poder evitar acidentes.

 

Óleo da direção hidráulica ou eletro-hidráulica

Riscos associados a baixos níveis de fluido

Níveis baixos deste fluido podem levar a problemas na direção assistida, e até mesmo a uma falha total do sistema de direção hidráulica, o que pode levar à causa de acidentes.

Prazo de verificação

Deve verificar o óleo da direção pelo menos uma vez por ano.

Como verificar o nível?

  1. Localizar o depósito com o motor ainda quente (este apresenta um desenho de um volante na tampa);
  2. À partida, encontrará uma uma haste de medição incorporada nesta tampa. Deve limpá-la com um pano seco e inseri-la novamente no óleo. 
  3. Quando removida, o nível do óleo estará algures entre o nível mínimo ou máximo apresentados na vareta.

Caso o nível esteja baixo, pode recarregá-lo, mas sempre com o líquido sugerido pelo fabricante. No entanto, recomendamos uma visita a uma oficina Gocarmat caso o nível esteja alto, tendo em conta que é uma situação rara e é necessário averiguar o sucedido.

 

Esperamos que as nossas dicas tenham sido úteis, no entanto, é importante estar atento aos sinais de alerta para evitar qualquer problema futuro. Não se esqueça que a manutenção periódica do seu carro, junto da Gocarmat, é sempre o mais recomendado.

Copyright © GOCARMAT® | Rede de Oficinas Multimarca

logo-footer
Wishlist 0
Continue Shopping